Curiosidades - Papel Sulfite

18/07/2019 15:14

Quando a escrita surgiu, há mais de 6 mil anos atrás, as palavras eram inscritas em tabuletas de pedras ou argila. A forma mais primitiva de escrita era acuneiforme. Por volta de 3000 a.C., os egípcios inventaram o papiro. 

A palavra papel vem do latim papyrus e faz referência ao papiro, uma planta que cresce nas margens do rio Nilo no Egito, da qual se extraia fibras para a fabricação de cordas, barcos e as folhas feitas de papiro para a escrita

Só em 105 d.C é que o papel foi inventado na China por T’sai Lun que fez uma mistura umedecida de casca de amoreira, cânhamo, restos de roupas e outros produtos que tinham fibras vegetais. Ele bateu tudo até formar uma pasta, depois peneirou até formar uma fina camada que deixou sob o sol até secar. E assim surgiu o papel.

 

Seja para a escrita, desenhos, correspondências, impressões e mais uma dezenas de utilidades a folha de papel Sulfite, principalmente no formato A4 é o mais popular e comercializado entre os diversos tipos de papel.

E, você alguma vez, já se perguntou por que o papel Sulfite tem esse nome?

O nome Sulfite foi dado porque antigamente o processo de cozimento da madeira para a extração da celulose utilizava o composto químico chamado Sulfito de Cálcio (CaSO3) ou o Sulfito de Magnésio (MgSO3). 

E, como era e, ainda é muito comum dar o sobrenome do inventor ou da matéria prima para as novas invenções, deu-se o nome de Sulfite, originado do inglês Sulfito

Hoje em dia, o tronco de árvore é a principal matéria-prima para fazer o papel. Ele é cortado em pedaços pequenos, chamados cavacos, triturados e cozidos, até se transformarem em uma massa, a celulose. Essa pasta é lavada e branqueada com produtos químicos. Em seguida, é colocada em um liquidificador gigante para ser misturada com água. Nessa etapa, pode-se adicionar pigmentos para dar cor ao papel. Depois, passa por uma máquina que a deixa seca, lisa e a enrola em enormes tubos. Por fim, outra máquina corta a folha para dar o formato desejado, como o do rolo do papel higiênico ou sulfite.

Entre as dúvidas que rodeiam a existencia do sulfite, uma que aposto que muitas pessoas devem ter é, por que um corte tão pequeno e bobo com uma folha de papel sulfite dói tanto?

Só quem já passou por essa situação, sabe a intensidade da dor e ardor que um  corte com sulfite é capaz de proporcionar.

O que acontece, é  que a nossa mão possui muitas terminações nervosas. E por ser uma área com tantos nervos que repassam informações sensoriais (temperatura, dor) ao cérebro é que ela é tão sensível e, por isso o corte nela dói mais do que doeria se fosse feito na barriga, por exemplo.

Mas ainda sim, há quem afirme que um corte com papel dói mais que o corte feito com uma lâmina, mesmo que seja um corte superficial.

A questão é que a lâmina é afiada, já o papel não. Ele é mais flexível e as bordas pouco afiadas, logo elas não cortam a carne ou a pele, elas RASGAM! E, por isso a dor é maior, mesmo se tratando de um corte pouco profundo, a lesão sobre a pele é maior do que a feita por uma lâmina.

E aí, gostou do nosso post ? Deixe sua opinão abaixo nos cometários!

E não se esqueça de consultar as mais diversas marcas de Papel Sulfite disponíveis em nosso site, CLICANDO AQUI!

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
Categorias: